Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

O avanço das tecnologias somado a incansável procura pela internet, faz com que as empresas voltem à atenção para o Atendimento Virtual, com soluções de acesso online para atrair, ganhar e fidelizar cada vez mais clientes.

O MEI de um modo geral é efetivo no atendimento corpo a corpo, mas precisa com urgência despertar para a incontestável relevância que a prática do atendimento virtual vai trazer para o negócio.

Além de possibilitar a expansão do número de clientes vai permitir identificar com mais rapidez, as necessidades, oportunidades e tendências que se apresentam constantemente.

Com muitas opções, o MEI, primeiro de tudo tem que definir o planejamento para o atendimento virtual, analisar as possibilidades e estabelecer prioridades de implantação.

Como dica para o ponto de partida, é fundamental apostar no desenvolvimento do site da empresa. O layout tem que ser atrativo e despertar o interesse do cliente em navegar pelas páginas da empresa. Ter apoio de especialista no assunto pode fazer a diferença.
Outro ponto a ser considerado é o número de pessoas que utilizam smartphones para navegar na internet, o que faz necessário desenvolver o site para que seja responsivo. Ou seja, tem que ter um layout que funcione tanto para o computador de mesa como para os smartphones, evitando assim possíveis distorções nos conteúdos.

Agora, as mídias sociais assumem papel fundamental para aproximar a realidade do cliente com o atendimento mais pessoal prestado pela empresa. Participe e divulgue a empresa no facebook, instagram, twitter, snapchat, linkedin, entre outros. Fique atento com as demandas, procure utilizar estas ferramentas como um chat de atendimento, a comunicação com o cliente tem que ser: rápida, esclarecedora e convincente. Não enrole, o cliente via perceber e perder a credibilidade na empresa. Transmita informações que sejam confiáveis.

Com a evolução e aperfeiçoamento das práticas do atendimento virtual prestado pela empresa, a oportunidade do e-commerce passa a ser uma possível alternativa para ampliar as vendas, já que o consumidor atual vem se acostumando e exigindo cada vez mais praticidade para realizar as compras. As aquisições feitas através de smartphones representam a preferência depois das lojas físicas.

A integração das vendas físicas com as realizadas de maneira virtual exige grande esforço por parte do MEI, além do investimento em tecnologia precisa focar na gestão de estoque, adequação da comunicação entre loja física e virtual, logística de entrega e marketing de divulgação. É um processo que precisa ser muito bem estruturado e avaliado, quando implantado e gerido corretamente, tem tudo para proporcionar um rápido e sustentável crescimento à empresa.

Preste atenção, o atendimento virtual não pode ser confundido com atendimento robotizado, as pessoas não querem interagir com máquinas.

MEI, o atendimento virtual é muito importante, mas para ter sucesso é imprescindível preparar a empresa para esta mudança. Entender o perfil do público alvo, conhecer as limitações financeiras e estar aberto a novos aprendizados, faz toda a diferença para alcançar os objetivos desejados.