Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

A Gestão da Qualidade tem por objetivo estabelecer parâmetros para atender os requisitos que garantam a entrega de produtos e serviços dentro das especificações determinadas pela empresa além de promover a busca constante da melhoria contínua dos processos até chegar na versão mais próxima possível da ideal.

Os parâmetros devem ser descritos em procedimentos e registrados em documentos próprios, controlados através de indicadores de qualidade, revisados periodicamente, tendo em vista a adoção de alternativas para aprimorar e melhorar a entrega final.

Todo processo tem gargalos e pode melhorar, pode ter certeza disso. Às vezes, a mudança é simples e acaba gerando rapidez e economia de custos, como a substituição de um fornecedor que tem dificuldades em entregar no prazo, procurar ser mais comunicativo com o cliente, lembrar sempre que quem não é visto não é lembrado. A atitude de querer melhorar faz toda diferença.

Para a implantação ter sucesso, o MEI tem que estar comprometido, precisa dedicar tempo para elaborar os procedimentos que descrevem a qualidade desejada para produtos ou serviços, comunicar claramente o que deseja para o funcionário e qual o limite dado a ele como responsabilidade, e se for o caso, aplicar treinamento para assegurar o envolvimento e conscientização da importância do processo.

Na prática, alguns pontos são fundamentais, como o planejamento dos requisitos para alcançar a qualidade desejada e neste caso, cada negócio tem que ter o seu, pois depende do produto ou serviço ofertado. Uma boa ferramenta para apoiar no planejamento é o Ciclo PDCA (Plan - Planejar / Do - Executar / Check - Checar / Act - Agir), para mais informações acesse nossa dica: Planejamento Estratégico

Como dica, se for trabalhar com várias opções de produtos ou prestar serviços com naturezas diversas, deve ter procedimento específico para cada item, inclusive considerando prazos e recursos envolvidos.

Outro ponto importante é a qualidade que é aplicada no atendimento das necessidades do cliente.

Utilizar ferramentas que ampliam e focam no relacionamento com o cliente é uma excelente alternativa, com destaque para: interações nas mídias sociais, canais para verificar a satisfação, acompanhar as transações com o monitoramento dos prazos de entrega dos produtos e serviços, e criar benefícios para promover a fidelização dos clientes.

Uma prática usual que o MEI pode incorporar no processo de Gestão da Qualidade é incluir ações preventivas e também de caráter corretivas que garantam a diminuição de retrabalhos e impeçam a entrega para o cliente de produtos avariados ou serviços fora das especificações previamente determinadas.

MEI, os consumidores exigem cada vez mais qualidade dos serviços e produtos que adquirem e isto não é uma tarefa fácil. A necessidade do cliente é uma exigência para o negócio e superá-las é ainda mais importante. Apostar na Gestão da Qualidade vai impactar diretamente no trabalho e resultado final da empresa. Pense nisto.