Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

Estamos vivendo a era do relacionamento, que prioriza o contato com o cliente, através de orientações, soluções de problemas, conquista da confiança e aí sim poder pensar em fechar uma venda.

Desta forma, qualquer iniciativa para ter sucesso, começa por um bom planejamento. Tem que analisar o mercado de atuação, as ofertas da concorrência e as tendências de consumo. Precisa conhecer os hábitos do cliente, pensar com a cabeça dele. Seja criativo e avalie sempre a possibilidade de inovar com a oferta de novos produtos ou serviços, o cliente espera isto da empresa.

Alguns pontos podem ser destacados, como:

  • Objetividade: defina objetivos, tenha em mente o que deseja alcançar e como chegar lá. Estabeleça metas como: aumentar o número de clientes, vender mais produtos em uma determinada região, participar de pelo menos uma feira ou evento por mês, entre outras.
  • Conheça o processo: acertos e erros fazem parte de todo negócio. Avalie as táticas de vendas e identifique os produtos ou serviços que estão vendendo bem e os que estão com baixo desempenho. Com estas informações, você pode direcionar os esforços de vendas e aumentar o retorno financeiro.
  • Olho no mercado e cliente: conheça o mercado de atuação, as particularidades da região e as tendências de aquisição do consumidor. Quanto mais informações você tiver, melhor será para enfrentar os desafios dos processos de vendas.
  • Inovação: aumente o número de produtos ou serviços. Procure agregar novas ofertas que tenham sinergia com o portfólio atual. Como exemplo: um cliente que compra cachorro-quente também poderá consumir refrigerantes, sucos e até sobremesa. Um cliente que utiliza a borracharia para trocar o pneu, pode também querer trocar o óleo do motor. Fique atento e avalie as possibilidades. Utilizar novas embalagens ou ingredientes diferentes é uma maneira de surpreender e agradar o seu público.
  • Tenha atitude: enfrente os problemas com rapidez. Avalie a possibilidade de fazer promoções para produtos que perderam atratividade no mercado. Uma boa alternativa é fazer kits de vendas, normalmente agregam valor na escolha do cliente. Você vai ser desafiado a ter soluções em todo momento, aprenda a conviver com esta realidade, faz parte de todo negócio.
  • Trabalhe com prazos: tenha cronograma com os prazos para alcançar objetivos e metas. Estabeleça planos alternativos na eventualidade de ocorrer possíveis desvios do planejado. Procure antecipar às demandas, fique de olhos bem abertos em relação aos prazos.

Invista em divulgação, quem não é visto não é lembrado. Utilize cartazes e banners com as fotos dos produtos ou oferta de serviços, distribua folhetos em lugares de circulação do seu público alvo, use e abuse das redes sociais, participe de feiras e eventos, entre outros.

Agora, invista em você. Conseguir uma melhor aceitação da empresa, produtos ou serviços está em suas mãos. Fique atento com o seu perfil como vendedor. Procure ser:

  • Otimista: tenha o hábito de encontrar o lado positivo em cada situação. Uma venda perdida hoje pode ser bem sucedida amanhã, talvez precise de pequenos ajustes, avalie o que pode ser mudado e incorpore na próxima tentativa. Insista sempre na busca do sim, mas, deixe a porta aberta no caso do não. Não discuta com o cliente de tal maneira que você se torne inconveniente. Você tem que ser mentalmente equilibrado e o cliente tem que perceber isto. 
  • Cativante: procure se colocar no lugar do cliente. Entendendo os desejos e necessidades dele, fica mais fácil para conversar e cativar a confiança.
  • Proativo: saiba escutar, mas esteja preparado para transformar as informações recebidas em soluções, com certeza, a antecipação às demandas, aproximam do objetivo desejado.
  • Convincente: o cliente para comprar precisa ser convencido. Prepare argumentos que evidenciam os diferenciais em relação aos concorrentes, os benefícios de consumir os seus produtos ou serviços. Esteja preparado para defender os valores e condições de pagamentos praticados. Você tem que passar segurança e certeza de que sabe o que está fazendo. 
  • Inspirador: ser honesto e transparente inspira a confiança do cliente. Não faça promessas que não possa cumprir. Seja realista e priorize a verdade na troca de informações. Pode ser o suficiente para inspirar a confiança do cliente e impulsionar as vendas.


MEI, encontre o que te motiva no processo de vendas, aproveite isso. Seja ético, cuide da sua reputação. Cultive o relacionamento e esteja sempre disponível. Um bom princípio nas vendas é fazer aos outros, somente aquilo que gostaria que fizessem a você.