Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

    Esse segmento da prestação de serviços já está bem desenvolvido, mais ainda oferece para o MEI, oportunidades para atuar com profissionalização e melhoria de qualidade, tendo em mente que buscar um diferencial competitivo é fundamental para agregar valor no atendimento ao cliente.

    Um grande número de profissionais precisam emitir notas fiscais da prestação de serviços, principalmente os que trabalham em salões de beleza e centros de estética. Para atender a esta necessidade, a formalização como MEI é uma opção viável, que traz também a tranquilidade de estar amparado pelos benefícios previdenciários, como: auxílio doença, salário maternidade, aposentadoria, entre outros, além de conseguir condições de compras melhores pelo fato de ter CNPJ. A formalização ocorre através da atividade de BARBEIRO.

    Acesse os serviços da nossa plataforma e conheça o que a Dicas MEI tem para você e como pode auxiliar na formalização e no dia a dia como MEI.

    A possibilidade de trabalhar em salões de beleza é uma boa alternativa e tem o benefício da nova legislação que facilitou o relacionamento profissional entre as partes.

    A Lei “Salão Parceiro - Profissional Parceiro” (Lei nº 13.352/2016) possibilita que os salões de beleza firmem contratos de parceria com profissionais MEI que exerçam atividades de: cabeleireiros, BARBEIROS, esteticistas, manicures, pedicures, depiladores e maquiadores, onde atuarão como autônomos, sem vínculo empregatício, desde que respeitadas as condições de parceria estabelecidas, garantindo assim, a segurança jurídica entre as partes. Para maiores informações acesse nossa dica: Salão de Beleza Parceiro e o MEI Parceiro.

    Os serviços mais comuns ofertados pelo barbeiro são: corte; hidratação; lavagem e tintura de cabelo; barba simples e modelada. O universo de clientes é bem amplo, prevalecendo: homens, idosos, jovens, adultos e crianças.

    O barbeiro ao escolher o local de trabalho tem que avaliar a localização do estabelecimento e a concorrência na vizinhança. O acesso das pessoas tem que ser de maneira favorável, se possível com estacionamento e nas proximidades de paradas de ônibus, taxi e estações de metrô. Tem que valorizar, também, o estímulo da circulação das pessoas, como ocorre em shoppings, supermercados, condomínios residenciais e empresariais.

    Outra vantagem que o segmento oferece é em relação aos fornecedores, com inúmeras possibilidades e muitas delas com a garantia de qualidade na aquisição das cadeiras, tesouras, pentes, escovas, toalhas, espelhos, shampoo, condicionador e cremes.

    Na hora de atender e conquistar o cliente, alguns cuidados se fazem necessários:

  • Higiene: esterilização e limpeza dos equipamentos utilizados em cada cliente;
  • Limpeza: varredura do chão, no caso de corte de cabelo;
  • Agendamento: serviços com horário marcado;
  • Organização: facilidade de acesso aos acessórios e equipamentos de trabalho; 
  • Entretenimento: disponibilizar revistas, jornais, televisão;
  • Cordialidade: ter atitudes que demonstrem educação, atenção, interesse e comprometimento.

    A propaganda mais efetiva é a conhecida “boca a boca”, ou seja, o cliente satisfeito com certeza vai divulgar para os amigos e família. É recomendado a distribuição de cartões de visitas aos clientes.  

    Fique atento com o mercado: atualmente, as barbearias voltaram a aparecer nos comércios locais. Mas na nova versão, os empresários do ramo juntaram o cenário vintage das marcas antigas com a modernidade e serviços diferenciados para o homem de hoje. Não basta navalhas e toalhas quentes. A nova clientela quer também cerveja artesanal, jogos, serviço de manicure, profissionais especializados em sobrancelha, massagem e até escova progressiva. Com certeza, é uma boa opção para trabalhar.