Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

    Ótica é um estabelecimento comercial responsável por montar óculos e lentes com grau, de acordo com as especificações médicas. Também vende armações, óculos de sol e lentes de contato com objetivo estético.

    O grande desafio é atender e alinhar as expectativas e necessidades oftalmológicas dos clientes. Vai muito além de simplesmente vender óculos e lentes com grau, precisa saber interpretar a receita médica, apresentar opções de armações e ofertar a lente adequada.

    Para um bom atendimento é essencial estar atualizada com as tendências e o modismo do mercado, conhecer os modelos de óculos escuros e os designers de cada um, explicar como a tecnologia empregada em cada produto pode auxiliar na utilização no dia a dia, além de garantir a melhor escolha considerando o ponto de vista da estética.

    Muitos profissionais precisam emitir notas fiscais para a comercialização dos produtos. Para atender a esta necessidade, a formalização como MEI é uma opção viável, que traz também a tranquilidade de estar amparado pelos benefícios previdenciários, como: auxílio doença, salário maternidade, aposentadoria, entre outros, além de conseguir condições de compras melhores pelo fato de ter CNPJ. A formalização ocorre através da atividade de:

  • COMERCIANTE DE ARTIGOS DE ÓTICA.
    Acesse os serviços da nossa plataforma e conheça o que a Dicas MEI tem para você e como pode auxiliar na formalização e no dia a dia como MEI.

    A forma de atuação ocorre através de ponto fixo ou como comerciante para revenda em locais pré-estabelecidos. O futuro MEI tem que verificar junto à Prefeitura, quais as exigências para trabalhar no local desejado.


    No caso de trabalhar com Ótica é primordial avaliar criteriosamente a escolha do local. Deve priorizar os pontos de grande fluxo de veículos e pessoas, e também a proximidade com hospitais, farmácias, clínicas médicas e comércios. Isto faz toda a diferença.  

    Agora, para exercer as atividades na prática, são necessários alguns cuidados com as restrições impostas pela legislação vigente e assim evitar as sanções previstas em lei, com destaque para:
  • Óculos de grau só podem ser vendidos com receita médica.
  • É proibido as Óticas confeccionar e vender lentes de grau sem prescrição médica. Não podem ser instalados consultórios médicos no estabelecimento.
  • É proibido câmara escura e aparelhos para exame ocular na Ótica. É vedado também cartazes com oferta de exames gratuitos. 
    Legislação para Consulta: “Decreto-Lei 24.492/34” e “Decreto-Lei 20.931/32”.

    Outro ponto de atenção é o parecer n° 1.110/2000 da ANVISA - Agência Nacional de Vigilância Sanitária que estabelece a competência exclusiva aos médicos oftalmologistas para o exame de refração e a adaptação de lentes de contato.

    Ciente dos cuidados que você deve ter, o próximo passo é identificar os serviços e produtos que serão ofertados aos clientes. Alguns pontos são fundamentais e devem ser observados na hora de realizar a composição do investimento inicial, que fica em média o valor de R$ 15.000,00 com destaque para:
  • R$ 3.000,00 para a infraestrutura de atendimento: cadeiras e mesas, vitrines e balcão para expor os produtos, espelhos, computador e impressora, arquivos para documentos, entre outros.
  • R$ 2.000,00 para as ferramentas de conserto e utensílios de apoio em geral: jogo de chaves, alicates, parafusos óticos e arquivos para acondicionar óculos e lentes.
  • R$ 10.000,00 para estoque inicial de produtos: óculos de sol, armações, lentes de contato, capinhas e produtos de limpeza para óculos, entre outros. 
    Com o crescimento no número de clientes, as oportunidades também aumentam e você deve avaliar o melhor momento para investir em aparelhos com alto grau de especialização, como: lensômetro, ceratômetro, pupilômetro, furadeira de bancada para lentes e aquecedor de areias. O valor médio para a aquisição de todos os itens fica em torno de R$ 18.000,00.

    O desafio é ter bons fornecedores e a aquisição de equipamentos e acessórios devem ser pesquisados em lojas e representantes especializados, para obter um bom equilíbrio na relação qualidade e preço.

    Alguns custos são rotineiros e precisam ser previstos, como: aluguel do ponto comercial, água, luz, telefone e acesso a internet. 

    Uma das qualidades primordiais para um bom trabalho é a dedicação. Fazer cursos agrega diferenciação profissional e possibilidades de atuação com diversos tipos de serviços e produtos, além de se manter atualizado com as demandas que surgem todo momento. Invista na sua capacitação profissional.

    Caso venha precisar de ajuda, você como MEI, pode contratar um funcionário e o ideal é que antes de iniciar os trabalhos, ele também passe por treinamentos e cursos.

    Já no marketing do negócio, as redes sociais, como Facebook e Instagram são ferramentas importantíssimas e complementares para alavancar os serviços, principalmente pela facilidade de acesso e o baixo custo envolvido. Toda a publicação de conteúdo, imagens e textos, tem que ser bem avaliados e o cliente tem que perceber que as informações estão sendo úteis para ele. 

    A propaganda e publicidade da Ótica podem ser feitas também através da distribuição de panfletos e cartões de visita em locais com grande fluxo de pessoas, priorizando a vizinhança do negócio, empresas e os clientes já existentes. Devem ser considerados, anúncios em revistas e jornais de bairro, rádios comunitárias e em outdoors. Entretanto a divulgação “boca a boca” é a mais eficaz, o que aumenta a necessidade e importância pela qualidade dos serviços prestados, pontualidade e cordialidade, além é claro de ter um preço justo.

    Preste atenção, estabelecer parcerias com oftalmologistas e clínicas do ramo pode ser uma boa maneira de aumentar os rendimentos. Avalie a possibilidade de importar óculos de sol para revenda, pode ter uma margem de lucro bem interessante. Faça o estudo dos custos e ganhos e mãos à obra.