Você pode ouvir a dica completa no player abaixo. Dê um play!

    O Transportador de Cargas Municipal é responsável em realizar carretos dentro do perímetro que abrange o município, do qual tem o registro para trabalhar.

    É de sua obrigação, transportar mercadorias, objetos, equipamentos, mudanças, entre outros até o destino final contratado, tomando todos os cuidados e precauções para garantir o bom estado da carga, além de prezar pela pontualidade com o prazo previsto.

    As oportunidades de trabalho são abrangentes e muitos profissionais precisam emitir notas fiscais da prestação de serviços, principalmente os que trabalham como terceiros de estabelecimentos comerciais e de empresas transportadoras. Para atender a esta necessidade, a formalização como MEI é uma opção viável, que traz também a tranquilidade de estar amparado pelos benefícios previdenciários, como: auxílio doença, salário maternidade, aposentadoria, entre outros, além de conseguir condições de compras melhores pelo fato de ser empresa e ter CNPJ. A formalização ocorre através da atividade de TRANSPORTADOR MUNICIPAL DE CARGAS NÃO PERIGOSAS (CARRETO) INDEPENDENTE.

    Acesse os serviços da nossa plataforma e conheça o que a Dicas MEI tem para você e como pode auxiliar na formalização e no dia a dia como MEI.

    Você não precisa ter ponto fixo e pode exercer a atividade atuando como MEI, nos locais combinados pelos clientes. Antes de iniciar as atividades, o ideal é verificar junto à Prefeitura se existem exigências a serem cumpridas para trabalhar. Para mais informações acesse a nossa dica: Consulta Prévia ou de Viabilidade à Prefeitura.

    As maneiras mais comuns de transportar mercadorias e cargas ocorrem pela lotação exclusiva do caminhão ou com o fracionamento do espaço para mais de um cliente. É fundamental avaliar as características e particularidades de cada item para realizar o fracionamento e assim não comprometer a integridade das mercadorias e cargas.

    É fundamental que a carga a ser transportada esteja devidamente caracterizada com a natureza, tipo, valor, peso, quantidade, nome e endereço do destinatário. Para facilitar a entrega, solicite referências do local e se tem área destinada para carga e descarga. Vai fazer toda a diferença em relação ao prazo e condições de trabalho.

    Para começar é importante que o caminhão esteja em boas condições de uso e equipado com kit de primeiros socorros, para a eventualidade da ocorrência de sinistros.

    O valor inicial de investimento depende diretamente do tipo, ano de fabricação e tamanho do caminhão. Uma boa opção é o modelo VUC - Veículo Urbano de Carga que atua no segmento de caminhões leves e é muito utilizado nos municípios. Para um modelo em boas condições de uso do ano de 2013, o valor médio é de R$ 65.000,00. Já para um modelo zero quilômetro, começa em torno de R$ 115.000,00.

    Não será um desafio a aquisição do veículo, pois são encontrados em concessionárias e representantes especializados. Faça pesquisa de preço para garantir uma melhor compra. Avalie bem os custos, inclusive os que envolvem as futuras manutenções, os ganhos, a possibilidade de financiamento e mãos a obra.
    
    Não esqueça de fazer a cotação para seguro contra roubo e sinistros. 

    Uma das qualidades primordiais para um bom trabalho é a atenção. Todo cuidado no trânsito é bem vindo e todos agradecem.

    Apostar na capacitação e fazer cursos agrega diferenciação profissional além de se manter atualizado com as regras e leis que surgem todo momento.

    Caso venha precisar de ajuda, você como MEI, pode contratar um funcionário como ajudante e o ideal é que antes de iniciar os trabalhos, ele também passe por treinamentos e cursos.

    Já no marketing do negócio, as redes sociais, como Facebook e Instagram são ferramentas importantíssimas e complementares para alavancar os serviços, principalmente pela facilidade de acesso e o baixo custo envolvido. Toda a publicação de conteúdo, imagens e textos, tem que ser bem avaliados e o cliente tem que perceber que as informações estão sendo úteis para ele. Se possível, publique depoimentos dos clientes sobre os serviços prestados. Não esqueça de solicitar autorização prévia à ele.

    A propaganda e publicidade dos serviços podem ser feitas através da distribuição de panfletos e cartões de visita em locais com grande fluxo de pessoas, priorizando a vizinhança, transportadoras e centros empresariais. Devem ser considerados, anúncios em revistas e jornais de bairro. Entretanto a divulgação “boca a boca” é a mais eficaz, o que aumenta a necessidade e importância pela qualidade dos serviços prestados, pontualidade e cordialidade, além é claro de ter um preço justo.

    Preste Atenção, uma boa prática de gestão de relacionamento é montar o cadastro com os dados pessoais e de preferências dos clientes, inclusive a forma de pagamento. Isto vai dar agilidade no dia a dia do negócio.